Quinta-feira, 7 de Maio de 2009
Quinta-feira, 07.05.2009

 

 

Os Golpes são uma banda fixe. Têm os seu enquadramento muito bem definidinho para o que corre por aí nos dias de hoje, têm um som porreiríssimo, umas letras do mais apetitoso que há e um estilo do caraças. 

 

Além do espectacular guitarrista (sobre o qual não posso ser muito imparcial visto ser das pessoas mais baris que conheço), Os Golpes têm um frontman de fazer inveja a praticamente todas as bandas portuguesas, têm um baterista no ponto e um baixista que entrou automaticamente para a minha lista dos baixistas bizarros e cheios de pinta. Que são quase todos.

 

Esta canção catita é das melhores deles, mas há tanta coisa boa nos Golpes que vale a pena ouvir o albúm todo. Há tanto tempo que Portugal suspirava por rapazes à espera de raparigas à porta do colégio, educados por uma pátria ausente, a cantar sobre qualquer coisa que significa mesmo qualquer coisa.

 

Os Golpes, da Amor Fúria, estão aqui. E o disquinho está aí.




2 comentários:
De ArTeC a 7 de Maio de 2009 às 15:56
Sim, é verdade, estou aqui a publicitar a nossa peça intitulada: NU.

6as e sábados às 22h no Bar Novo da Faculdade de Letras de Lisboa. Reservas: 221 799 0530.

Porque gostamos de letras e de nos descobrirmos!

Saudações Teatrais! =D


De Armando a 26 de Setembro de 2009 às 11:07
Eu estou enganado ou isto "cheira" a Heróis do Mar em início de carreira...


Comentar post

"Personally I'm always ready to learn, although I do not always like being taught." Winston Churchill

mariajoaoso (arroba) gmail.com
 
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


todas as tags