Sexta-feira, 29 de Maio de 2009
Sexta-feira, 29.05.2009

 

prometo que para a semana actulizo o blog.




Sexta-feira, 22 de Maio de 2009
Sexta-feira, 22.05.2009

 

 

 

 

*Sexta-feira é um dia feliz. É um dia em que passo (em média) 3 horas a percorrer os resultados do google images para Lindsay Lohan. Por cores. Este estava no vermelho, página 37. Sou uma pessoa feliz à sexta-feira.




Sexta-feira, 22.05.2009

 

O Perez às vezes é tão genial.




Terça-feira, 19 de Maio de 2009
Terça-feira, 19.05.2009




Segunda-feira, 18 de Maio de 2009
Segunda-feira, 18.05.2009

 

 

Dia 8! O meu namorado vai ser um homem tão feliz!




Sexta-feira, 15 de Maio de 2009
Sexta-feira, 15.05.2009




Sexta-feira, 15.05.2009

 

...e mesmo assim não emagrecer.




Terça-feira, 12 de Maio de 2009
Terça-feira, 12.05.2009

 

Aqui há uns tempos jurei que não ia mais a Alvalade num post apropriadamente intitulado "Não ponho mais os pés em Alvalade". Sou uma pessoa sucinta. Não imaginei na altura, embora já devesse saber que é assim que as coisas são, que do meio da porcaria que era o estado do meu clube ainda havia pessoas (novas, competentes e verdadeiramente do sporting) com vontade e capacidade de o salvar.

 

Não ir mais a Alvalade, a uma pessoa como eu, é uma promessa que custa muito. Algumas pessoas que me conhecem imaginam, outras acham provavelmente que sou mais uma miúda irritante que diz que gosta da bola para se fazer engraçada aos senhores. Também, um bocadinho. Mas eu cá sei o que gosto da bola, o que gosto do Sporting e sei muito bem também do que não gosto.

 

O Sporting com que cresci já não era meu, já era do meu bisavô, do meu avô e dos meus pais. Esse Sporting para mim já morreu. Restam-lhe uns avistamentos sobrenaturais e ectoplasmáticos numa ou outra competição de modalidades (as que ainda aparecem) e umas lápides muito honradas que de vez em quando são lembradas. É pena, muita pena, que ninguém ainda se tivesse apercebido que não são os novos, os "jovens" como irritantemente nos chamam, que querem um clube-empresa, despojado de carisma eclecticismo e tradição. É pena que ninguém tenha reparado que não fomos nós que negámos a tradição, que repudiámos a Academia, que fechámos os olhos ao atletismo, ao andebol, ao futsal...

 

Mas alguém reparou finalmente em nós. Alguém juntou as peças e percebeu que o futuro do Sporting é dignificar o seu passado, e não fazer de conta que não somos um clube desportivo. Abençoado movimento Ser Sporting. Abençoadinho.

 

 




Segunda-feira, 11 de Maio de 2009
Segunda-feira, 11.05.2009

 

 




Sexta-feira, 8 de Maio de 2009
Sexta-feira, 08.05.2009




Quinta-feira, 7 de Maio de 2009
Quinta-feira, 07.05.2009

 

 

Os Golpes são uma banda fixe. Têm os seu enquadramento muito bem definidinho para o que corre por aí nos dias de hoje, têm um som porreiríssimo, umas letras do mais apetitoso que há e um estilo do caraças. 

 

Além do espectacular guitarrista (sobre o qual não posso ser muito imparcial visto ser das pessoas mais baris que conheço), Os Golpes têm um frontman de fazer inveja a praticamente todas as bandas portuguesas, têm um baterista no ponto e um baixista que entrou automaticamente para a minha lista dos baixistas bizarros e cheios de pinta. Que são quase todos.

 

Esta canção catita é das melhores deles, mas há tanta coisa boa nos Golpes que vale a pena ouvir o albúm todo. Há tanto tempo que Portugal suspirava por rapazes à espera de raparigas à porta do colégio, educados por uma pátria ausente, a cantar sobre qualquer coisa que significa mesmo qualquer coisa.

 

Os Golpes, da Amor Fúria, estão aqui. E o disquinho está aí.




"Personally I'm always ready to learn, although I do not always like being taught." Winston Churchill

mariajoaoso (arroba) gmail.com
 
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


todas as tags