Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008
Terça-feira, 19.02.2008

 

Uma coisinha que me conforta é finalmente viajar para uma zona onde as gajas têm todas um rabo maior que o meu. E a roupa que está à venda corresponde ao mercado, de maneira que acabei por finalmente comprar as calças de ganga que sempre quis e deus nunca costurou.

 

É a minha segunda vez em Miami, sendo que da primeira me lembro de coisinhas muito idiotas e de miuda, o cheiro a fritos, um taxista russo, um aligator num lago ao lado da Nasa ou um Long Island Iced tea que achei que era assim i iced tea normal e acabei por ficar torta.

 

As pessoas aqui partem inicialmente do pressuposto de que sou latina (o tamanho do tal rabo, talvez me denuncie) e não há uma única que me fale primeiro em inglês. E o espanhol aqui é um espanhol "pablito" , como diz a malta local. As minhas boas intenções em castelhano caem por terra e é mil vezes preferivel falar em ingles.

 

Além de latina devo ter tambem ar de criminosa. Em Customs, mais uma vez, fiquei uma bela horinha e meia a ser interrogada por um tipo com cara de mau, que às tantas me dizia que o meu comportamento (risos e tal, o que se há-de fazer) era um compotamento típico de quem transportava Narcotics. Conseguiu assustar-me ao ponto de já estar a aimaginá-lo de luva de latex a enfiar o dedinho pelo meu olho do cu acima a ver se encontrava daqueles pacotinhos que as meninas com ar latino que viajam sozinhas como eu, levam para dentro do país. Manquei o papel de assustada e disse para ele me revistar a mala, se o punha mais sossegadinho. Mandou-me embora a chamar-me sweetie e doll-face. São uns palermas.

 

Ontem foi dia de compras pindéricas num mall, que tem tudo de tudo de tudo. E fim de tarde em South Beach, a beber um Mojito gigante na Ocean drive, que se pode ver aí em cima.

 

Nem imaginam o que mereço estas férias, deixem-se de invejozices, vá.

 




3 comentários:
De jonasnuts a 19 de Fevereiro de 2008 às 15:44
Não sei se te acalma ou aplaca os ânimos, mas a minha irmã, alta, loira, olhos verdes e com um rabo a condizer, viveu um ano em Miami e diz que não teve de falar uma palavra de inglês. O castelhano dela, já agora, melhorou substancialmente :)

Não é do rabo, portanto :)


De Domesticada a 20 de Fevereiro de 2008 às 13:13
acalma, acalma. já reparei que realmente é assim e não há nada a fazer. Até os meninos loirinhos nos bairros finos falam espanhol com as nannies.


De Pira-te daqui! a 21 de Fevereiro de 2008 às 12:26
E eu a pensar que as gajas em Miami era todas umas bombas! Que desilusão!!! Enfim...

Diverte-te Maria e aguenta córaçãããão....

Beijinho


Comentar post

"Personally I'm always ready to learn, although I do not always like being taught." Winston Churchill

mariajoaoso (arroba) gmail.com
 
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


todas as tags