Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2008
Segunda-feira, 29.12.2008

 

 




Sábado, 31 de Maio de 2008
Sábado, 31.05.2008

 

It doesn't get much more beautiful than this, you know? Life and all this shit. Nights don't get any greater, stages don't look any more appealing, voices don't sound more heavenly. I'm genuinely sorry I didn't get to see you yesterday. Not live anyway. I would have gladly payed the bloody 60 euros and put up with all the nasty happy-jumping people that sang before you. I would have, Amy. But you get it, don't you? Blimey! What the fuck were you doing there? Playing for thousands that sing the lyrics by heart. What the fuck does that matter? Really, Rock in Rio?

 

When you are singing, one doesn't sing back. We take a sip of our rum, smoke a puff or two and sink it in. We know you don't bloody care who knows the lyrics. They're yours. And you're the one who feels them, who dies a thousand times on stage, whose tears dry because you forgot the reason you cried. You're suffering is not our business, it's our entertainment. your Blake incarcerated is our reality show. And you know we eat it up. And you pretend not to fucking care, but you keep on feeding us.

 

Stop doing that. Sod it, stop making records if you want. Stop feeding us the shit we want and just keep singing and fuking yourself up, and grabbing your skirt up as if no dress was ever short enough for your stage legs. Because nobody will ever understand it anyway. Ever.

 

Jim Morrison did ok, he died early, that was his conquest. And Billie got away with it because of, well, everything. Why shouldn't you? Am I the only one that hears Billie in your  voice? That sees it in your fate? Am I the only one who feels fucking blessed to live in your era?

 

It is just so unbelievable to hear every single note, every single variation, to see every muscle on your face feel exactly how the song should. And to expect disaster every time you open your mouth, and receive the blissfull words of pain you sing from your fucked up and beautiful soul.

 

Let them ask for their money back, and scream your name like you were Avril Lavigne, and be disapointed and mad at you, and let them be bloody judgemental. They want to take the good and leave the bad. They want what money pays, and not what really exists. They want to call you the "most talented voice of this year", and deny understanding where you are comming from. They want you wraped up in a neat package, with all the ugly on the side. They don't want you, Amy, they want the show and the cute litlle song to sing to.

 

Amy, Amy, Amy. You are fucking perfect.




Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008
Quarta-feira, 02.01.2008

Nunca percebi esta minha vocação, tendência ou que é, para estragar as coisas bonitas e novinhas e limpinhas. Revelou-se desde cedo sempre que me ofereceram cadernos e lápis de cor. A vontade nem era de desenhar, era estragar mesmo. Profanar o belo e pôr um bocadinho de caos na ordem. Isto é a minha explicação lógica/filosófica/racional. Que não faz sentido absolutamente nenhum.

 

Outra explicação possível é eu ser uma estouvada. E isto tem muito mais que se lhe diga. Porque não é só ser estouvada, é ter também uma personalidade com inclinação irresistível para a asneirada. Podia ser estouvada e dar-me para o bem. Mas dá-me para o lado mau da força. Asneiral .

 

Geralmente quando estrago as coisas novinhas em folha as consequências só me afectam a mim. O que seria positivo quando visto de dois prismas: 1º não incomodo mais ninguém, 2º os erros servem para se ir aprendendo a não os cometer. Mas não é.

 

O próprio blog de onde vos falo, esta coisinha linda, foi precisamente uma tentativa de criar uma coisa cheia de possibilidades e desformatada, para eu poder estragar. O gozo que me dá estragar isto. Este post , por exemplo, é mais um gatafunho estouvado a estragar o blog.  Mas tem um propósito.

 

O propósito deste post , cof cof , é avisar os meus amigos, a minha família (que a julgar pelos anteriores ainda cá aparece de vez em quando), o Johnny T., o querido leitor e todos os que me querem bem em geral, que planeio estragar este aninho novo todo. E que comecei a fazer asneira lá para a 00.13.

 

Épi niu ier .

 

 




Domingo, 23 de Dezembro de 2007
Domingo, 23.12.2007

Santa Claus is coming to town

 

(He sees you when you're sleeping,

he knows when you're awake,

he knows if you've been good or bad,

so be good for goodness sake.)




Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2007
Segunda-feira, 17.12.2007

Aos queridos visitantes que vieram cá ter hoje através do maravilhoso-e-no-entanto-um-bocadinho-embaraçoso-destaque-que-vai-desiludir-muita-gente-porque-este-blog-não-fala-propriamente-de-genética, um grande bem-vindos!

 

Puxem uma chaise-longue, e façam-me o favor e a honra de explorar os desvarios vários que  foram produzidos ao longo da vida deste blog. Hoje estamos a servir absinto, é uma boa bebida para uma segunda feira de manhã.

 

**Senhores do SAPO, obrigada, pá.




Sábado, 15 de Dezembro de 2007
Sábado, 15.12.2007

Esta história de termos de inserir as coisas em gavetas de temas, para podermos dizer ao resto do mundo que havia umas 4 ou 5 ideias que queriamos transmitir e que por acaso são umas 4 ou 5 ideias que podem servir de recipiente para uns outros 20 posts que também vão falar dessas ideias, é muito gira. A grande utilidade que vejo nesta ferramenta é podermos iludir o leitor em pensar que somos pessoas organizadas. Muito útil. Servirá também, para mim, como uma forma de o leitor compreender com que personalidade estarei a escrever nesse dia. Dá muito jeito, a história dos Tags para pessoas um bocadinho esquisofrénicas.

 

Pretendo utilizar esta ferramenta muitas vezes, mas provavelmente vou-me esquecer.





"Personally I'm always ready to learn, although I do not always like being taught." Winston Churchill

mariajoaoso (arroba) gmail.com
 
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


todas as tags