Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Célula Estaminal

Célula Estaminal

08
Abr09

Ten years ago today

Domesticada

Acho que é seguro dizer que todos nós tivemos um professor que consideramos uma grande influência na nossa vida. Às vezes nem sempre pelas melhres razões, mas muitas vezes por uma razão simples e ternurenta que ao olharmos para trás, define um ponto de viragem na nossa vida. Eu tive a sorte de ter tido se calhar mais do que um.

 

Além dos professores em pequenina que eram da minha família (literalmente da minha família) tive uma espectacular professora de ingês/motard que nos punha a traduzir músicas dos Guns & Roses nas aulas, um professor de Latim que me ensinou o que é a tolerância e a bondade, uma professora de matemática que explicava equações com golpes de karaté ,e uma professora que um dia cheguei a chamar a minha segunda mãe.

 

A última foi minha professora de filosofia. Não era nada fácil ensinar filosofia a putos de 16 e 17 anos. E ainda hoje estou para saber como é que esta senhora nos pôs a todos a discutir Nietzsche com uma paixão tão intensa. A verdade é que, olhando para trás, era preciso muito arrojo para entrar numa sala de aula com um leitor de cassetes, pôr a tocar Wagner durante duas horas e dizer: ninguém sai daqui sem me porque é que o Nietzsche gostava desta música. E nós garantidamente chegávamos lá.

 

Há dez anos atrás deste dia, a nossa professora de filosofia entra na sala de aula e diz: Durante esta semana não vos dou aula (facto que genuinamente nos entristecia) até que todos vocês tenham visto o Matrix. Quando todos tiverem visto, falamos.

 

É escusado dizer que esse foi um dos pontos de viragem da minha adolescência, e imagino que de muita gente. E com muito orgulho posso dizer que foi graças à situação da jarra do Oráculo que o Neo parte, que me pus a pensar seriamente e pela primeira vez no que andava cá a fazer e o que raio significa isto tudo.

 

Hoje celebramos o Matrix, o primeiro, claro.

 

9 comentários

Comentar post

"Personally I'm always ready to learn, although I do not always like being taught." Winston Churchill
mariajoaoso (arroba) gmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2006
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2005
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D